O avanço do Coronavírus está forçando escolas e universidades a rever suas metodologias de ensino. Com o fechamento das instituições, e o isolamento social da noite para o dia, milhares de professores e de estudantes tiveram que encontrar novas formas de lecionar, aprender e conviver, o que é um enorme desafio.

Os desafios para o professor nas aulas online

Os professores já costumavam relatar grandes desafios quando propunham trabalhos em grupos em salas de aulas presenciais, e vários questionamentos surgiam: “por que alguns grupos funcionam e outros não?”; “um ou talvez dois alunos fazem todo o trabalho em grupo e tomam todas as decisões, porque isso acontece?”. Essa realidade, não é diferente do que estamos enfrentando no ambiente online.

Grupos que realizam pequenas tarefas tendem a desenvolver hierarquias nas quais alguns membros são mais ativos e influentes do que outros gerando uma diferença no status dos estudantes. Garantir que todos os estudantes de salas de aula online tenham interações equitativas e que consigam demonstrar plenamente o que sabem e conseguem fazer são considerados objetivos pedagógicos fundamentais pelos professores, durante um trabalho em grupo, em uma aula online.

Se o professor quer que os alunos se engajem em conversas e devolutivas de alta qualidade, a atividade proposta para ser feita em grupo precisa estabelecer problemas complexos ou dilemas, ter diferentes soluções possíveis e contar com a criatividade.

Metodologias de ensino que facilitam o estudo em grupo online

Para diminuir um pouco os desafios que os professores encontram para realização do trabalho em grupo em aulas online, o primeiro passo do planejamento é pensar na resposta para uma questão fundamental: como é que os alunos trabalham juntos, em grupos de estudo online, para aprender o que devem saber e o que devem fazer? A sua resposta vai determinar a natureza das tarefas que serão realizadas para o desenvolvimento das habilidades cooperativas.

Após estabelecer os objetivos de aprendizagem (habilidades e competência) que é o que os professores querem que seus alunos sejam capazes de saber ou fazer ao final de cada aula, deve-se pensar em como irá observar que este objetivo foi alcançado e, assim, estabelecer critérios de avaliação individual e do produto desenvolvido pelo grupo. Somente depois disso é que se deve criar ou adaptar as atividades que os grupos irão realizar.

Sugestão: pense em uma atividade que os alunos conseguirão mostrar que estão alcançando o objetivo proposto e que nenhum integrante do grupo consiga desenvolvê-la sozinho. O ideal é que os todos os membros do grupo troquem ideias e discutiam ativamente para conseguir finalizá-la.

Outra ação necessária é a de tornar todos os participantes do grupo responsáveis pelo processo e pelos seus produtos. Para que isso seja possível, deve-se utilizar estratégias de avaliações formativas e somativas contínuas.

O professor deve orientar os estudantes em relação ao tema que será abordado no trabalho em grupo online e sobre as ferramentas que irão utilizar, para que isso não seja um impeditivo no engajamento do aluno. Estudos mostram que o ideal é propor grupos de até 5 estudantes, pois assim a interação entre os integrantes é maior, as discussões são mais produtivas e a colaboração mais eficiente.

O trabalho colaborativo pode ser desenvolvido por diversas estratégias como, por exemplo: trabalho em grupos pequenos, discussão de casos, devolutivas construtivas, uso de construtores de habilidades para o desenvolvimento de novos comportamentos.

Para mais sugestões de estratégias para potencializar o trabalho em grupo em um ambiente online visite o site: Geekie.

Aplicativos e ferramentas gratuitas para grupos de estudo

Contamos com muitas ferramentas gratuitas que auxiliam o trabalho em grupo online e que podem ser utilizados em momentos síncronos e assíncronos.

Essas ferramentas proporcionam uma maior interação entre os estudantes, entre os estudantes e o professor e entre os estudantes e o material didático disponibilizado. Quanto maior a interação existente no trabalho em grupo maior é a aprendizagem dos estudantes.

As ferramentas gratuitas mais utilizadas para a realização do trabalho em grupo no ambiente online são:

  • O Zoom, Google hangouts, skype e teams microsoft são ferramentas de videoconferência e utilizados para a realização de aulas online síncronas. Especificamente, o Zoom possibilita a divisão dos estudantes em grupos, em salas simultâneas diferentes.
  • O google Docs, o jamboard, mindmup, planilhas do google, formulários do google, google classroom são ferramentas de compartilhamento, disponibilização e criação de conteúdo. Além disso, alguns deles podem ser editados, ou seja, várias pessoas podem colaborar, ao mesmo tempo, para a criação de conteúdos e dos produtos dos grupos.

Um curso rápido para te apoiar nas suas aulas ead

Para os professores que desejam aprofundar seus conhecimentos em estudos em grupos on-line e nos desafios citados ao longo do texto, sugerimos, o curso intitulado “COMO TRABALHAR EM GRUPO EM UM AMBIENTE ONLINE”, na plataforma do Serprof.

Esse curso trata das condições necessárias para que o trabalho em grupo ocorra em um ambiente virtual, identificando as habilidades e competências dos estudantes nesse ambiente e auxiliando na construção de atividades adequadas ao trabalho em grupo online e em como delegar autoridade intelectual, de avaliação e de gestão do trabalho aos estudantes.

Não perca a oportunidade. Acompanhe as nossas redes sociais.

Autoras: Fernanda Sarmento e Alessandra Pereira